Web,ruby, Ajax ou qualquer outra coisa que me venha a cabeça (com prioridade para esta última)

21 setembro, 2005

O Site da Paróquia de S. Pedro de Alverca

Uma visão diferente de um site http://www.paroquiadealverca.org/home2.htm Já há algum tempo andava a tactear a ver se me resolvia a escrever um blog. Um blog que fosse simultaneamente um blog para utilizadores correntes da web e para utilizadores mais especializados: aqueles que fazem websites. Ainda não encontrei o tom mais adequado para aquilo que pretendo. No entanto neste primeiro blog vou apresentar algumas ideias sobre construção de sites. Para que haja um fio condutor, vou debruçar-me sobre websites de Paróquias. Irei apresentar uma série de sites, como é que eles se apresentam em diversos navegadores, como foram construídos, como os alterar para que funcionem um pouco melhor. O primeiro site que vou apresentar é o da Paróquia de S. Pedro de Alverca. Este site começa por nos perguntar a nós utilizadores qual o formato do nosso ecrã (o 1º erro, nós utilizadores nunca sabemos qual o formato). Se indicarmos um formato mais pequeno do que o real sucede o ilustrado na figura acima. As imagens do cabeçalho e da barra de navegação são parcial ou totalmente repetidas. Ao fundo e do lado esquerdo podem verificar que a imagem que compõe o fundo do menu é repetida (inclui a palavra Paróquia). Surgem ainda as opções do menu Paróquia (não percebi porquê?) Fiquei intrigado porque seria? Fui ver o código fonte do site... Comecei a entender. A página não tem DOCTYPE (ou seja nunca poderá ser validada contra nada) e é feita com esquadrias (frames). As esquadrias estão delimitadas com percentagens (um erro num arranjo fixo), as imagens de fundo nos diversos documentos são de dimensões fixas e são repetíveis (de onde resulta a repetição quando as dimensões não são as correctas). Bom o que é que eu faria de diferente nesta página, talvez começa-se por colocar um DOCTYPE, e talvez fizesse uma alteração ao título para poder destinguir esta página de outras do mesmo site no histórico, melhorar um pouco a utilidade da página não custa assim tanto. Depois e visto estar em Portugal alteraria o texto do parágrafo <p>Esta página usa esquadrias, mas o seu navegador não as suporta e eu estou a mando-lo embora </p>. É mais o menos isto que está em inglês. Ou seja ninguém com telemóveis deve aceder a este sítio. Se calhar usar esquadrias talvez não seja o melhor, bom mas por agora passa. Depois comecei a analisar com mais detalhe as páginas carregadas para cada posição no conjunto das esquadrias. A esquadria de cabeçalho inclui uma imagem a data, obtida de forma dinâmica. Aqui o que faria era mover o javascript para um ficheiro próprio, e o estilo da data para ficheiro próprio. Claro que este ficheiro poderia eventualmente ser integrado num ficheiro de estilo mais alargado. Como estou a partir do princípio que o utilizador tem um navegador com javascript activo então poderia optar por colocar um menu dinâmico com forte presença de CSS, ou mesmo só presença de CSS, se calhar ficaria bem ver o que Eric Meyer diz sobre o assunto. Como é de esperar como o menú é de facto constituído por várias imagens grandes de fundo e algum texto, as opções surgem por vezes sem fundo e sem indicação do menú respectivo pois este faz parte da imagem. O menu Home, eu gosto de lhe chamar Entrada mas é só uma questão de detalhe (sou conhecido por ser piquinhas). Agora passemos ao que eu gosto neste site. Uma das coisas banais no site deve ser ver horários de eventos e da secretaria da Paróquia (como gostaria de conhecer as estatísticas), por alguma coisa não gosto de sites com esquadrias e gosto de títulos que me indiquem em que página estou, o acesso a estas funcionalidades passaria a ser directo (a partir dos marcadores de favoritos). A organização e focalização das coisas. O aspecto cuidado e moderno do site. É pena que os conhecimentos de design não tenham também como contrapartida um conhecimento de código html e css e da sua aplicação. Mesmo com os «problemas» levantados acima darei nota positiva ao site. Julgo que seja escusado dizer que estou disposto a gratuitamente ajudar a melhorar qualquer site que não tenha fins lucrativos (como os das paróquias).

2 comentários:

the poet disse...

Obrigado pelas críticas constructivas e pelas ideias! Muitas pessoas tinham feito comentários deste género e por isso é com alegria que queiro informar do lançamento do nosso novo site: www.igrejadospastorinhos.org
Pe. Luis Miguel Hernández
Igreja dos Pastorinhos
Paróquia de São Pedro de Alverca

Cafonso disse...

Sr. Padre, as observações que fiz sobre o sítio da paróquia mantêm actualidade no novo sítio.

O CMS que estão a usar tal como está irá produzir páginas muito pesadas. Se vir o código recebido num navegador verá código hmtl com código css e javascript à mistura. Para ser fácil manter as coisas estes aspectos devem estar segregados. Poderá ser que do lado do produtor das páginas tal se passe.

Por outro lado se reparar quem não tiver ou não poder instalar flash irá ficar com uma zona a branco.

As imagens/media não têm descrições alternativas reduzindo a acessibilidade aos vossos conteúdos para pessoas com dificuldades de visão. A menos que as páginas não acrescentem nada tal não deveria ocorrer. No caso de não acrescentarem nada não deveriam ser usadas.

Finalmente a utilização de tabelas para criar o arranjo para a página é algo que já não se deveria usar.