Web,ruby, Ajax ou qualquer outra coisa que me venha a cabeça (com prioridade para esta última)

10 dezembro, 2009

Projecções Arquitecturais

Batalha de Branchage de seeper no Vimeo.

6 comentários:

Carlos Martins disse...

Projection mapping no seu melhor.

O efeito que criam é fantástico. :)

Carlos Martins disse...

(subscribing replies)

Cafonso disse...

Em tempos uma das empresas com que colaboro fez uma proposta a uma câmara para algo no género. A resposta da câmara na altura (já foi há uns anos, poucos) era que a proposta era demasiado cara. Lembro-me que o dep comercial tratou de arranjar patrocínio, nem assim ficaram convencidos.

Carlos Martins disse...

É o costume... Querem tudo e mais alguma coisa, mas depois não querem os custos.

Felizmente este tipo de tecnologia tem preços cada vez mais acessíveis - mas a grande variável está na qualidade da equipa//artistas que depois criam os efeitos.

A velha máxima de: lá por eu ter o Photoshop, não faz de mim um "artista"! :)

Cafonso disse...

É verdade que os custos hoje são bem mais baixos. Naquele tempo um projector de vídeo dito de 10.000 era algo para custar cerca de 70.000. Para a área a cobrir seriar necessários 8.

Por razões que não interessam para o caso até os tínhamos.

Quanto à questão artística estava bem coberta, a empresa em assegurou entre outras coisas os sistemas de projeção de imagem do grupo do Círculo do Sol na Expo durante alguns meses (umas projeções sobre uma esfera algo translúcida) em 98, alguns trabalhos de projeção numa série de superfícies que não simples ecrãs praticamente planos.

Tínhamos arranjado patrocínio embora talvez um pouco em cima do evento.

Cafonso disse...

10.000 lumen, 70.000 €